Síndrome do ovário policístico - Dra. Debora Mello

Endocrinologia

Síndrome do ovário policístico

O que é a SOP?

Você já ouviu falar da síndrome dos ovários policísticos (SOP)? Trata-se de uma doença endocrinológica, que é caracterizada pelo aumento da produção dos hormônios masculinos. Seu diagnóstico é realizado quando a paciente apresenta dois ou três sintomas combinados.⠀

Entre os principais sintomas, podemos citar o hiperandrogenismo clínico ou laboratorial, aumento do volume do ovário, mudanças na morfologia dos ovários, presença de cistos, irregularidade da menstruação ou na ovulação.

O médico também deve analisar a história clínica da paciente, bem como outros sintomas comuns, que incluem o aumento de peso, resistência insulínica e problemas com fertilidade.

1 em cada 15 mulheres que estão em idade reprodutiva possuem SOP, e a resistência insulínica atinge de 50 a 70% das portadoras, independente do peso corporal.⠀

Imagem Síndrome do ovário policístico

Tratamento da síndrome

Para tratar a síndrome, é importante realizar uma dieta alimentar e praticar atividades físicas, visando melhorar a resistência insulínica, fertilidade e regular a ovulação. O uso de anticoncepcionais orais também são utilizados em mulheres que não possuem outras comorbidades metabólicas.

Quando uma mulher com SOP ingere carboidratos simples, há um aumento de insulina, que tem como consequência a resistência insulínica. Sendo assim, há uma dificuldade na perda de peso, uma vez que a resistência à insulina leva ao aumento do tecido adiposo.

Divisor

Dra. Debora Mello

CRM 127520

Formada pela Faculdade de Medicina de Petrópolis, universidade de Petrópolis (RJ), e especializou-se em Clínica Geral pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, na cidade de São Paulo (SP).

Conheça sobre a Dra. Debora Mello
Divisor
Open chat
Olá, tudo bem? Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem?
Precisa de ajuda?